©

pizzapriince:

following back everyone until i find a tumblr gf♡

Uma criança sonha em ter o mundo inteiro. Só não desconfia que mais tarde o mundo pode se tornar alguém.
Sean Wilhelm.  (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
Você é aquilo que ninguém vê. Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delicias, pecados, bondades, tragédias, sucessos, sentimentos e pensamentos. Se definir é se limitar. Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar.
Machado de Assis.   (via renascendo)
Gostoso mesmo é quando tudo acontece por acaso. Sem data, sem horário, apenas coincidências, ou então destino.
Jô Soares.      (via constelei)
Só um abraço teu e tudo ficaria calmo novamente.
Thaís Ziberman (via sincronizar)
A mão escreve o que o coração transmite.
Davi Araújo.  (via constelei)
Naquele momento, meu bem, eu amei até suas artérias. Amei seus pulmões e o fato de poder dividir com eles o ar dos meus. Naquele momento eu amei cada póro seu. Cada fita de DNA que formava aqueles olhos castanho-esverdeados tão pequenos. Eu amei até as veias azuladas do seu pulso e o barulho da sua respiração. Te olhei e me peguei amando as manchinhas do seu rosto, naquele momento. E neste. E no próximo. Porque em todos eles sempre encontrarei mais um detalhe para eu amar. A bagunça dos teus cílios. As pintinhas das costas. Eu amei até seus ossos! Aquele que vai do ombro ao pescoço. O que contorna o tornozelo. A coluna vertebral inteira. Eu não sei o nome de nenhum, mas saberia desenhá-los perfeitamente. Eu amei até suas sardas! E a maneira como parecem nebulosas. Amei as rugas da sua testa quando franziu o cenho. Amei até o seu cerrar de mandíbula! O contraste da tua sobrancelha preta na pele branca. Naquele momento, eu amei cada uma das suas células. E então eu soube. Não só soube, como tive certeza, e provei aos meus sistemas e anti-corpos, que era ali, perto do seu corpo que eu gostaria de ficar.
Rio-doce  (via confidando)
Mesmo que a gente dê errado, mesmo que a gente não seja certo um pro outro. É a minha bagunça que tu curte, são tuas complicações que eu gosto. Não dá pra entender, mas é isso que a gente é.
Robin and Stubb.   (via delator)